skip to Main Content
Águas Abertas

Águas Abertas

A natação em águas abertas sempre existiu, seja por fim de sobrevivência ou competição. Praticada em locais abertos como, rios, lagos, represas e mares. Há pesquisas que relatam, que desde a Grécia antiga militar e imperadores demonstravam sua coragem nadando longos trechos no mar sem caráter competitivo A primeira travessia de natação em águas abertas no mundo iniciou se como desafios e no decorrer dos anos houve um aumento significativo de adeptos quanto a sua prática. No Brasil a natação em águas abertas ocorreu em 1927 à primeira travessia no Guaíba em Porto Alegre no estado do Rio Grande do Sul, e depois foi aumentando sua pratica em cidades litorâneas com condições propicias a pratica da modalidade. Em relação às travessias competitivas, as provas que se tornaram muito tradicionais aconteciam emaguas

São Paulo e Rio de Janeiro a mais de 70 anos atrás e entre outras pelos pais. Porém, sua popularidade só veio a aumentar a partir da inclusão do Triathlon (Natação/Ciclismo/Corrida) e das Maratonas Aquáticas no programa de provas dos Jogos Olímpicos. A natação de águas abertas é caracterizada por SANTOS et al (2007) como a realização de qualquer estilo ou propulsão própria em um local sem raias para diminuir as ondulações ou bordas para que as pessoas possam se segurar. Tem apenas um ponto de saída e um de chegada com metragem infinitamente variada. De acordo com o Manual Maratona Aquática (2006), qualquer competição realizada em uma massa de água natural como rios, lagos ou oceanos, natação de longa distancia sendo definida como qualquer competição em eventos de águas abertas até o máximo de 25 quilômetros e maratona aquática ou de natação sendo definida como qualquer competição em eventos de águas abertas acima de 25 quilômetros.

Todo nadador de águas abertas está sujeito a condições adversas, como chuva, ventos, correntezas, correntes de retorno e etc. Logo, os nadadores devem tomar alguns cuidados quanto à orientação, como se informar sobre o percurso da competição e elaborar sua estratégia para melhores resultados na prova (BIER, 2004 apud SILVAN, 2004). Toda estratégia de prova, normalmente é regida pelo técnico, pois o mesmo irá desenvolver toda parte técnica, todo método de treino seja em piscina ou em águas abertas. É ele que lida com as situações fisiológicas em relação ao frio e nas situações psicológicas em relação ao medo, ansiedade e etc., buscando conhecimento para subsidiar seus atletas quanto às orientações e quanto às adversidades no ambiente de prova.

Back To Top
WhatsApp chat